top of page

ABRAVEi é a maior rede de Suporte Técnico do Brasil

Fala galera, beleza? Se você é cliente, curioso ou mesmo um simples cidadão e nunca ouviu falar da ABRAVEi, talvez seja porque você começou a me acompanhar recentemente, pois falo muito da ABRAVEi e com muito orgulho.


Mas se você é profissional da área de mobilidade elétrica ou mesmo da indústria automotiva e também nunca ouviu falar da ABRAVEi, é porque você está no emprego errado. Digo isso com a maior tranquilidade do mundo por um motivo: A ABRAVEi é a única (logo, a maior) entidade representativa no Brasil de usuários de mobilidade elétrica.


Fundada no dia 1º de maio de 2017 em um encontro/caravana, a ABRAVEi surgiu de um grupo de proprietários, quase que em sua totalidade de BMW i3, que se juntaram para troca de experiências, informações, ajuda e até para compra coletiva de pneus. Quem diria que a dimensão atípica do pneu do BMW i3 seria um dos principais elementos para a formação da ABRAVEi.


De 2019 para cá, o perfil dos associados se tornou tão rico quanto a variedade de modelos de veículos elétricos no Brasil. Desde a galera da micro mobilidade com seus patinetes, bikes e monociclos até verdadeiros colecionadores de carros elétricos. Com a variedade de modelos associados, obviamente teríamos uma maior variedade de experiências e dúvidas relatadas.


Não são poucas as vezes que vemos mensagens de "perrengues" no grupo da Associação. Todavia, para cada perrengue há 3 vezes mais pessoas dispostas para ajudar. Por isso que digo, o maior benefício da Associação são os associados.


Em geral, a ABRAVEi é formada por pessoas entusiastas e com um nível de curiosidade um pouco além do que as montadoras e concessionárias estão habituadas a lidar. Não nos satisfazemos em saber tudo sobre cada parte carro, queremos saber como funciona e porque funciona daquela forma.


Além disso, podemos dizer que a ABRAVEi se tornou uma Associação de professores Pardais. Buscando soluções para problemas que surgem em outras ocasiões que as pessoas se resumiriam em "reclamar e deixara para lá". Por isso que digo sem exagerar que a ABRAVEi se torna a maior rede de Suporte Técnico do Brasil quando falamos em Mobilidade Elétrica.


Carro elétrico com a bateria zerada
Bateria zerada

Aproveito para relatar um caso, que as pessoas acreditam ser muito mais comuns do que realmente é: Bateria zerada na estrada. Um colega ficou sem bateria a exatamente 500 metros do ponto de carregamento. E agora? se você acha que ele preciso aguardar horas por um guincho para andar 500 metros, ERROOOOOU.


Vamos para o relato: Esse colega estava fazendo uma viagem rodoviária com velocidade de 120 km/h, ar condicionado e modo SPORT ativado. O carro demonstrava 10 km de autonomia já na curva final. Quando, de repente, de 10 km o carro foi para zero, perdeu potência e parou.


Agora vamos para um pouco de parte técnica: Para proteger a bateria de descargas profundas, geralmente, o BMS (Battery Management System) mantém uma reserva mínima de energia na bateria, igual a reserva de incêndio na caixa d'água de um edifício.


Acontece que esse colega apresentava um consumo maior que definido como padrão do carro e ainda pegou um aclive ao fazer o retorno na rodovia. Logo, o BMS recalculou a autonomia do carro e chegou na conclusão que iria entrar na reserva logo em seguida e tomou a decisão de cortar a potência do motor.


Entenda, o motor não travou, apenas não teve mais envio de energia e o carro parou suavemente, visto que os sistemas de freio e demais sistemas usam a bateria 12v para funcionar.


Quando recebi a mensagem, repassei a seguinte orientação: Desligue o carro e aguarde alguns minutos. Provavelmente, quando você religar o carro, o BMS retornará a calcular a autonomia de acordo com a consumo padrão e permitirá você andar os 500 metros que faltam. Dito e feito.


Autonomia após o carro elétrico carregar 100%
100% carregado

A pergunta que faço agora: Será que a maioria dos consumidores de mobilidade elétrica possuem acesso a essa informação através dos manuais dos veículos ou mesmo através dos materiais constantes nos sites das marcas? Ouso dizer que não porque nem mesmo as marcas possuem a riqueza de experiência que um grupo como a ABRAVEi que adquiriu através tantos kWh rodados (um trocadilho, para quem não entendeu).


As montadoras e concessionárias mais preocupadas em promover uma boa experiência para seus clientes já entenderam a importância deste conhecimento adquirido na prática e promovem, quando possível, encontros e discussões para essa troca de figurinhas sem medo de receber feedbacks negativos. Afinal, somos entusiastas, não haters.


Sendo assim, fica mais uma vez o meu convite para que conheça a ABRAVEi, seja você usuário, vendedor, engenheiro, jornalista, empresário ou autoridade do poder público. Estamos aqui para isso.


Até mais.

91 visualizações0 comentário

Kommentare


bottom of page