top of page

Volvo apresenta muito mais que um novo carro, é sobre isso que estamos falando.

Atualizado: 13 de out. de 2023

Fala galera, beleza? Na semana passada, tive a oportunidade de participar do maior evento da minha vida profissional, até o momento, e ainda estou degustando o acontecimento, curtindo cada lembrança.


Recebi o convite de participar do lançamento do novo Volvo EX30 ocorrido no dia 14 de setembro no Rio de Janeiro. Confesso que a ansiedade até o dia do evento foi algo semelhante a primeira vez que viagem avião.


Conforme a data se aproximava, as coisas começaram ficar mais claras e eu ficava ainda mais ansioso: cronogramas, press realease, material visual, agenda de entrevistas, pautas... Não sou jornalista e nunca disfarcei, todas essas coisas são novidades para mim, até em relação como me vestir era uma novidade.


Bem, o dia finalmente chegou e deixo o link do vídeo para acompanharem como foi o evento. Mas não esqueça de continuar lendo logo abaixo.



No final das contas, conforme o evento progredia, eu me sentia mais em casa. Não necessariamente porque já estava adaptado a situação, mas porque o assunto era sobre algo que respiro constantemente: Mobilidade Elétrica.


Sendo sincero, me enrolei um pouco em relação às entrevistas. Além de ser algo novo trabalhar com entrevistas, faz falta uma equipe de apoio para produção de imagens com a qualidade que vocês merecem. Todavia, fiquei muito mais tranquilo para fazer as perguntas que vinham na minha mente quando notei que todos os diretores com quem conversei demonstravam a mesma paixão que eu e tantos outros convidados.


O mais interessante é que o motivo da minha paixão pela Mobilidade Elétrica é que simplesmente "faz sentido". Sabe quando você, de repente, encontra algo que faz sentido e deseja contar para todos que aquilo dá super certo? Pois é, vi esse mesmo sentimento em cada um que subiu no palco para falar.


Gostei muito de observar que o evento da Volvo apresenta muito mais que um novo carro elétrico, ela apresenta um ambiente em torno de um carro elétrico. Corrigindo, foi em torno de uma mudança gerada por um carro elétrico, desde a tecnologia utilizada para sua construção até as mudanças que impactariam na vida dos usuário e suas família.


Lógico que foi falado muito sobre o Volvo EX30 e todas as novidades embarcadas, como a tração traseira, capacidade de carregamento de 10% a 80% em aproximadamente 26,5 minutos, disposição do espaço interno, conectividade em 5G acompanhada da possibilidade de atualizações over-the-air e a opção de escolher entre uma bateria de 51 kWh de FLP ou de 69 kWh de NMC.


Além do veículo em si e toda a experiência que ele se propõe oferecer, a Volvo apresentou a relevância do mercado latino na estratégia da marca e a expectativa de dobrar o número de veículos Recharge no Brasil ainda em 2024. Mas para que isso seja possível, a política de preço teria que ser muito agressiva.


A Volvo trouxe uma novo veículo elétrico em uma faixa de preço que poucos concorrentes possuem veículos posicionados. Pela primeira vez, a Volvo traz um veículo eletrificado abaixo de R$300.000,00. Para ser mais justo, bem próximo de R$200.000,00. Durante a pré-venda, será possível comprar um EX30 por valores entre R$219.950,00 e R$279.950,00. Não foi a toa que mais de 1.500 unidades foram vendidas em menos de 24h em toda a América Latina.


Ok, muitas marcas dizem o quão importante um determinado mercado é , mas sem tanta ações que indicam ser um sentimento real. No caso da Volvo, eles trouxeram o anúncio +73 carregadores de corrente contínua além dos 28 equipamentos anunciados anteriormente.


Isso significa 102 estações de carga rápida por todo o Brasil com gerenciamento por um App próprio da marca que também promoverá o status on-line de suas estações de corrente alternada de forma gradativa, inclusive o novo hub com a capacidade de carregar até 80 veículos simultaneamente em apenas um condomínio corporativo, sendo assim, o maior hub de carregamento da América Latina.


Não posso dizer que participar da festa foi pouca coisa, mas o auge do evento foi participar da entrevista com Luis Rezende, head da Volvo Latin America Hub. Ali observei alguém que tem paixão pelo negócio, da mesma forma que eu, porque faz muito sentido.


Na verdade, eu fiquei um pouco de escanteio enquanto dois jornalistas conversavam com ele (às vezes eu dava o ar da minha graça) e Luiz Resende respondia com muita segurança cada questionamento que os jornalistas traziam carregados com um certo tom de incredulidade sobre a Mobilidade Elétrica.


A cada explanação detalhada que o head LATAM da Volvo dava, terminava com a seguinte frase: "É disso que estamos falando", como se tentasse dizer de uma forma mais educada: "Será que vocês não entenderam ainda que estamos trazendo a mesma evolução para a América Latina que temos na Europa e na China? Não conseguem entender que estamos trazendo para o Brasil algo que funcionará ainda melhor aqui por causa do potencial de energia verde que o Brasil tem?"


De forma bem clara, a Volvo demonstrou que tem tudo para ser líder da Mobilidade Elétrica na América Latina, mesmo que esse não seja o objetivo. Pois, após questionarem se o crescimento das chinesas incomodam ou mudariam alguma coisa, Luís Rezende foi enfático: "Eu quero que todas deem certo". Luís Rezende deixou claro que não se importar com o Share. Melhor que ter a maioria de um mercando manco, é ter uma parte representativa de um mercado próspero. Sendo assim, todas as marcas que estiverem dispostas à construir algo favorável, serão participantes e não necessariamente concorrentes.


Isso e muito mais foi dito. Se você quer ouvir o áudio da entrevista, acesse aqui o Podcast.



Até mais.


Posts recentes

Ver tudo

Comments


bottom of page