top of page

Especialista por acaso, mas com muito profissionalismo

Atualizado: 13 de out. de 2023

Fala galera, beleza? Comecei a fazer uma certa reflexão ao longo da última semana sobre a minha relação profissional com a mobilidade elétrica e o nível de profissionalismo que tenho acerca do assunto.


Este momento de reflexão não veio de uma grande epifania, veio de reuniões e conversas sobre determinadas ações. Em algumas dessas conversas era comum surgir o adjetivo "especialista". Confesso que tenho um pouco de resistência em adotar o termo "especialista em mobilidade elétrica" para referir-me a minha pessoa.


Na verdade, já recebi alcunhas que considero muito mais apropriadas, mesmo as mais jocosas: Influencer, Blogueirinho, Taxista... Só não aceito uma que vejo com uma certa recorrência que é "Uber de Brincadeira".


Os comentários de "Uber de Brincadeira" começaram a surgir após uma matéria que saiu na Revista Quatro Rodas em junho de 2021. Muitos motoristas que trabalham exclusivamente com as plataformas de transporte começaram a dizer que eu não era profissional porque não passava mais de 12 horas atrás do volante.


Nunca aceitei como verdade, pois não é o tempo de atividade ou as horas de dedicação que te definem como um profissional, e sim o profissionalismo que você empenha em cada atividade delegada ou assumida. Por conta desse último adjetivo, comecei a refletir oque é um especialista. Como qualquer pessoa, busquei o Google e obtive os seguintes resultados:


Um especialista, ou perito, é uma pessoa que se ocupa exclusivamente de um ramo particular de uma ciência, de uma arte, etc. O título é dado a profissionais que concluem curso de pós graduação lato sensu nas referidas áreas. Também pode ser chamado de especialista o profissional que se empenha em uma matéria.

Fonte: Wikipedia


Se for levar em consideração a interpretação do Wikipedia, chego ao ponto pelo qual tenho a certa resistência ao adjetivo de especialista. Mas será por pouco tempo, pois já estou em busca da minha pós-graduação na área.


Entretanto, vivemos em momentos diferentes em relação a atividades laborais, menos emprego e mais jobs. Não muito tempo atrás, ter uma carteira de trabalho assinada em apenas uma empresa por anos significava ser um profissional excepcional e dedicado. Hoje, pode ser considerado apenas que não ousou buscar novas oportunidades. Sendo assim, podemos considerar que o termo especialista também pode ter se atualizado.


De maneira simples, podemos dizer que um especialista é aquele profissional que demonstra domínio sobre uma determinada área. Para isso, ele deverá dedicar a sua carreira, o seu tempo no mercado e as suas experiências acadêmicas de modo a absorver um vasto conhecimento sobre aquele assunto, tornando-se um “expert”.

Fonte: UCEFF


Atualmente, as empresas buscam cada vez mais os profissionais sem necessariamente terem a formação na área por dois motivos: áreas de novos conhecimentos e visão diferenciada sobre determinado assunto. Diria que a mobilidade elétrica possui pouquíssimos cursos acerca do assunto e, com certeza, precisa de um visão crítica, independente da formação.


Afinal, qual seria a área de conhecimento de um especialista em mobilidade elétrica? Engenharia, Logística, Tecnologia da Informação, Administração? Diria que todas e um pouco mais. Em resumo, estamos diante de algo tão novo no Brasil, que precisamos da colaboração de diversos profissionais. Muito mais do que profissionais, a mobilidade elétrica necessita de apaixonados empenhados em fazer acontecer.


Desde que adquiri meu carro elétrico, me apaixonei de tal forma pelo assunto que sempre fiz questão de buscar saber cada coisa em relação aos veículos, carregadores, gestão de frotas, conectividade, comunicação, modelo de negócios, desenvolvimento de produtos, geração de conteúdo, etc. Conforme eu aprendia com os verdadeiros mestres, fazia questão de compartilhar e colaborar com o desenvolvimento da área.


Semelhantemente a mim, conheci e criei uma grande rede de parcerias, porque não dizer amigos, com outros apaixonados dotados de conhecimentos e experiências em diversas áreas aleatórias, mas que são responsáveis pelo crescimento sólido e consistente da mobilidade elétrica no Brasil. Não desmereço aqueles que buscaram o desenvolvimento formal, entretanto, sem a vontade e a paixão, os projetos tornam-se apenas mais uma "coisa" a ser cumprida.


Por isso que me apaixonei tanto pelo assunto, tudo é tão novo que ainda estamos criando e aprendendo. Mesmo o carro elétrico sendo mais velho que o carro à combustão, o seu emprego na rotina das pessoas e os modelos de negócio em torno dele que são inovadores. Sendo assim, diria que sou Especialista por acaso, mas com muito profissionalismo.


Me permitam então utilizar o adjetivo de Especialista por acaso em Mobilidade Elétrica, com formação técnica em conduzir carro elétrico, mestrado em carregamento e buscando o doutorado em perrengues dos usuários. E se você tem alguma ideia louca para aplicar a mobilidade elétrica, me chame para conversar.


Até mais.




53 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Comments


bottom of page